Rios de alegria, inundações de lágrimas

Stacy Mallard

Stacy Mallard

Ex-equipe e membro de longa data do campus Clarkston
“Esta mistura de tristeza e alegria [nesta passagem] é uma representação deste mundo. Alguns se banham em rios de alegria, enquanto outros se afogam em lágrimas ”. - Matthew Henry

No início de 2020, meu pastor nos desafiou a pedir a Deus que nos desse uma palavra para levar conosco ao longo do ano. Em espírito de oração, pedimos a Deus que imprima em nós uma palavra que pode ser um tema recorrente em nossas vidas no próximo ano. No passado, ouvi palavras como “Esperança” ou “Alegria”. Este ano, senti Deus pressionar em meu coração a palavra “Lembre-se”. Passei algum tempo em janeiro fazendo um diário sobre as memórias de eventos familiares e de vida importantes. Não sou muito introspectivo por natureza, então foi um bom exercício, pois fui lembrado da fidelidade de Deus por meio das alegrias e tristezas dos últimos anos.

No início de fevereiro, tivemos a alegria de viajar ao norte da África para visitar minha filha e sua família, que moram lá há 3 anos. Ela estava esperando o terceiro filho em junho, e a gravidez, embora planejada, fora uma surpresa agradável para nós. Sentimos o bebê chutar e rimos ao saber que ele também teria uma prima, filha da nossa sobrinha, devido quase na mesma época.

Então, no final de fevereiro, o irmão de meus maridos ligou para nos dizer que nosso sobrinho, irmão dessa mesma sobrinha, tinha desmaiado na escola. O que se seguiu foram alguns dias de atualizações terríveis e decisões inimagináveis ​​para sua família enquanto ele estava em coma. Enquanto orava e segurava a mão de meu sobrinho na UTI, lembrei-me de ter brincado com ele no casamento de sua irmã e de como ele me disse em voz baixa que eu era sua tia favorita. Poucos dias depois, ele foi retirado do suporte de vida e morreu apenas uma semana antes de seu 24º aniversário.

Na semana seguinte, as coisas começaram a parar devido à pandemia. Nós pressionamos pelas próximas semanas estranhas e depois meses pensando que o pior do ano certamente havia passado. E embora nossa família continuasse chorando, nossa expectativa também aumentou com a aproximação de junho. Nossa filha deu à luz um menino saudável de 9 quilos em 13 de junho e milagrosamente a papelada deles chegou para permitir que eles voltassem para casa e passassem o verão. Exatamente uma semana depois de seu nascimento, nasceu o filho de nossa sobrinha, e comemoramos chorando, lembrando o quanto o irmão dela amava bebês e teria ficado emocionado com ele.

Nos dias que se seguiram ao nascimento de nosso novo neto, senti que deveria ler o livro do Velho Testamento sobre o profeta cujo nome ele compartilhou - Esdras. Se você é como eu, eu não estava exatamente familiarizado com ele, mas uma breve visão geral nos diz:

“O livro de Esdras fornece um relato do reagrupamento dos judeus, de sua luta para sobreviver e reconstruir o que havia sido destruído. Por meio de sua narrativa, Esdras declarou que eles ainda eram o povo de Deus e que Deus não os havia esquecido. ” - Chuck Swindoll

Que lembrete maravilhoso para cada um de nós nos apegar durante este ano! Nós, como crentes, ainda somos povo de Deus. Deus não se esqueceu de nós!

No terceiro capítulo, Esdras escreve sobre a reconstrução do templo que foi destruído quando as pessoas foram feitas cativas como escravas, finalmente voltando para casa depois de 70 anos. A fundação lançada; eles começam a comemorar.

“Com louvor e ação de graças, cantaram ao Senhor: Ele é bom; seu amor por Israel dura para sempre. E todo o povo deu um grande grito de louvor ao Senhor, porque o alicerce da casa do Senhor foi lançado. ” - Esdras 3:11

Mas os próximos dois versos contam uma história do profundo desejo e dor que levou àquele momento:

“Mas muitos dos sacerdotes e levitas mais velhos e chefes de família, que tinham visto o antigo templo, choraram alto quando viram o alicerce deste templo sendo lançado, enquanto muitos outros gritaram de alegria. Ninguém conseguia distinguir o som dos gritos de alegria do som do choro, porque o povo fazia muito barulho. E o som foi ouvido de longe. - Esdras 3: 12-13
Como isso tem sido verdade neste ano! E à medida que vou envelhecendo, vejo como isso é verdade todos os anos! Alegria e tristeza constantemente se chocam uma com a outra em nossas vidas, e é sagrado e certo sentir as duas. Enquanto choramos de desejo pelas coisas anteriores, pelas coisas irrecuperáveis ​​que perdemos, também devemos nos alegrar ao ver e experimentar os maravilhosos dons que Deus continua a colocar diante de nós a cada dia. 

"Alegrem-se com os que se alegram, chore com os que choram. ” (Romanos 12:15 ESV) Chore junto com os que estão sofrendo e feridos ao seu redor, reconhecendo a dor da perda. Mas não deixe de comemorar com alegria onde você também vê Deus trabalhando. Estou orando para que, ao final deste ano, eu me lembre de que, acima de tudo, Ele é bom e Seu amor por nós dura para sempre.

Compartilhe este post

Você pode gostar...

Nunca perca outra postagem no blog.
Inscreva-se para ser notificado quando novas postagens forem publicadas.

pagination_prv_arrow
EnglishPortuguese

Orion

Localização: Campus Orion

vezes: Domingos - 9 e 11h

RSVP necessário: sim

Traverse City

Localização: Campus da Traverse City

vezes: Domingos - 9 e 11h

RSVP necessário: sim

Troy

Localização: Troy Campus

vezes: Domingos - 9 e 11h

RSVP necessário: sim

Birmingham

Localização: Online somente

vezes: 10am

RSVP necessário: não

Clarkston

Localização: Clarkston Junior High

vezes: Domingos - 10h

RSVP necessário: sim

Clinton Township

Localização: Clinton Twp. Campus

vezes: Domingos - 9 e 11h

RSVP necessário: sim

Brasileiro

Localização: Capela de Tróia

vezes: 11am

RSVP necessário: sim

KKids Strategy Playbook

Presente Memorial